OASRN



 

24 de Outubro | Palácio do Conde de Vizela e Edifício das Quatro Estações
Palácio do Conde de Vizela e Edifício das Quatro Estações



“As obras do arquitecto Marques da Silva têm essa inserção urbana, perturbadora, de um léxico forte, remissivo, que a eficácia aproximativa mais revela na pormenorização, em códigos eruditos, de várias fontes arquitectónicas e decorativas, no campo semântico das releituras, numa sociologia da criação, no tempo portuense de uma arquitectura de anomias, de formas persistentes e lentas aculturações numa cidade de carácter, mais de modos do que de modas de ser.”

António Cardoso,
O Arquitecto José Marques da Silva e
a arquitectura no Norte do País na primeira metade do séc. xx.


No pequeno percurso dos séculos o Burgo, escondido pelas muralhas, extravasa e cresce naturalmente ao longo das estradas velhas, segundo um vocabulário de fenestrações e pilastras que acompanham o universo pré e pós Almadino.

Este lugar de encontros, trocas e novidades, absorve com simplicidade e contenção os caminhos estéticos da evolução arquitectónica.

A contenção, quase sociológica, evidencia-se numa arquitectura de acompanhamento que faz ressaltar os momentos de raridade, ou vaidade, da encomenda informada.

Com um brilho sofrido nos olhos e as mãos enforcadas no lápis, Marques da Silva procura a solidez etérea da substância arquitectónica na aprendizagem parisiense.

A cidade do Porto, esteticamente adormecida, recompensa os esforços do notável arquitecto que se adapta aos desafios, mas também às circunstâncias, percorrendo um caminho seguro que o compasso temporal se encarregará de fazer cumprir, numa vida generosa nas relações e nas oportunidades.

Luís Aguiar Branco

Biografia:
Luís Aguiar Branco (Porto, 1965).
Diplomado pela FAUP em 1997. Foi consultor na Divisão do Património Cultural (1998-2007) para desenvolver e acompanhar o projecto IPAP – Inventário do Património Arquitectónico do Porto, e o respectivo sistema de informação, LOCVS, tendo estado ligado à produção da Carta de Património do PDM do Porto e a outras iniciativas de valorização e salvaguarda do Património no campo do ordenamento do território.

Destaca-se também a participação no Polis de Gondomar (2004), no processo de Requalificação da Estrada da Circunvalação – Porto (2008 – Barbosa & Guimarães arqtos.), e vários estudos tipológicos em zonas históricas e patrimoniais com o arqto. Paulo Pestana Sousa.
Investigador de arquitectura, urbanismo e património, prepara neste momento os primeiros livros de um colecção sobre várias temáticas da arquitectura portuense.

Material de Apoio
Folha de Sala Ciclo Obra Aberta - 24 de Outubro de 2009

Imagem gentilmente cedida por Luís Aguiar Branco





Novo Mapa!
Mapa Agostinho Ricca


Mapas de Arquitectura

co-edições OASRN

em trânsito
Ciclo de conferências

Pelouro da Cultura

Arquivo
Eventos realizados
Edições
Co-organizações
Apoios Institucionais


Vídeos online
Discursos (Re)visitados - Ciclo de Vídeo







Contactos:
Secção Regional Norte
Rua Álvares Cabral, 144
4050-040 PORTO
TEL. 222 074 251
cultura@oasrn.org