OASRN



 

Pezo von Ellrichshausen Architects: 'Reconstrucción'| Conferência em trânsito #040
28 de Fevereiro de 2012, 3ª feira, 22h00



Cinema Passos Manuel, Porto
28 de Fevereiro de 2012
Terça-feira, 22h00


Pezo Von Ellrichshausen Architects é um atelier fundado em 2002 por Mauricio Pezo e Sofia von Ellrichshausen, em Concepción, Chile. Mauricio Pezo completou um Master em Arquitectura na Pontificia Universidad Catolica de Chile (Santiago, 1998) e recebeu o prémio de Jovem Arquitecto da Ordem dos Arquitectos do Chile (Santiago, 2006). Sofia von Ellrichshausen é Arquitecta pela Universidad de Buenos Aires (FADU-UBA), onde recebeu o Diploma de Honra (Buenos Aires, 2002). Ambos ensinam no Chile e foram Visiting Professor na University of Texas em Austin e na Cornell University em New York.

A sua obra recebeu o “Premio a la mejor obra de arquitectura de joven autor”, V BIAU (Montevideo, 2006), o Prémio de Qualidade Arquitectónica na XV Bienal de Arquitectura do Chile (Santiago, 2006) e o “Commended Prize” dos AR Awards For Emerging Architecture (London, 2005).

Oriundos do Chile, integram uma das cenas de arquitectura mais vibrantes actualmente, onde contribuições essencialmente individuais, resultado de um conjugar de factores como a pequena escala do país, a ausência de grandes mestres de gerações anteriores e uma generosidade (nas palavras de Sofia) por parte dos professores em provocar nos jovens estudantes o despoletar de interesses específicos na sua prática projectual, ou a recente explosão de websites ou plataformas de difusão da arquitectura (o popular site ArchDaily é um projecto de origem chilena) criaram condições para uma produção de práticas de arquitectura de elevada qualidade e para uma ligação ao resto do mundo, superando o isolamento com que o território físico - entre a cordilheira dos Andes e o Oceano Pacífico – marcou gerações anteriores.

Numa produção que explora relações cruzadas entre artes visuais e arquitectura, o seu trabalho inclui obras de arte pública e uma série de casas, que consolidam uma linhagem ascética e minimal, de uma beleza crua que não escapa à polémica, ou às críticas funcionalistas. “Caracterizadas por geometrias redutivas, articuladas com amplas janelas quadradas, as casas possuem a qualidade envolvente da simplicidade e imediatez visual de um desenho de criança, e no entanto há também uma sofisticação no modo como experimentam com o espaço, e como uma palete limitada de materiais é utilizada com eficácia contundente, representando uma visão moderna e estimulante da vida doméstica.”

O seu trabalho reflecte uma multiplicidade de qualidades tangíveis e intangíveis que ecoam a envolvente, os materiais, os espaços, ou o uso, onde a distinção tradicional entre arte e arquitectura deixa de ser clara, ou sequer importante.

A partir do projecto da Casa POLI (2005) o atelier alcançou uma nova visibilidade que os traria, em 2010, à Bienal de Veneza, a convite de Sejima, ou às entrevistas de Hans-Ulrich Obrist. Situada no topo de uma arriba isolada, com apenas o oceano e o vento como pano de fundo, “um enorme cubo de betão, evocando uma rocha porosa” é um projecto conjunto com os artistas Eduardo Meissner e Rosemarie Prim, com quem criaram uma estrutura que, para além do uso doméstico privado de veraneio, pudesse servir uma comunidade mais vasta, de que resultou um projecto institucional que contempla residência de artistas, e diversas actividades de difusão da arte contemporânea e arquitectura.

Um dos projectos organizados por ‘Casa POLI’ foi uma resposta ao devastador terramoto que, em 27 de Fevereiro de 2010, teve o epicentro 110km a Norte de Concepción, em que, com o apoio do governo chileno, convidaram 10 arquitectos internacionais, incluindo o português Paulo David, para criar uma série de pavilhões de apoio às comunidades afectadas ao longo da costa, sob o nome de projecto META. Outra ligação a Portugal, foi o convite ao atelier para integrar um restrito lote de arquitectos num projecto imobiliário em Silves, no Algarve – Casa GranTurismo –, desenvolvendo em 2006 as casas X05 e X06.


Mais informações www.pezo.cl

O presente ‘Em Trânsito’ surge por ocasião do ciclo de conferências ‘Cosa Mentale/A Ideia em Arquitectura’ organizado pela Revista NU e pelo Núcleo de Estudantes de Arquitetura (NUDA) do Departamento de Arquitetura (DArq) da Universidade de Coimbra, 15-29 Fev 2012.

A conferência será proferida em espanhol, sem tradução.

Bilhete: 4,00 euros
Local de venda: OASRN (2ª a 6ª, 10h-18h) e Cinema Passos Manuel (4ª a Sábado, 22h-02h e no próprio dia, a partir das 21h30, caso haja bilhetes disponíveis).

Programa sujeito a alteração, sem aviso prévio.

Para efeitos de Admissão na Ordem dos Arquitectos, esta conferência equivale a 1 crédito de "Formação Opcional em Matérias de Arquitectura". Para mais informações sobre a obtenção de certificados clique aqui.

Organização: OASRN
Parceria: Revista NU; NUDA - Núcleo de Estudantes de Arquitectura do Departamento de Arquitectura da Universidade de Coimbra
Patrocínio: AXA
Design: R2 Design
Fotografia: Cristobal Palma


Fundador Norte 41º Ouro: Osvaldo Matos; Tintas Robbialac; Knauf Gmbh Portugal

Fundador Norte 41º Prata: Enor; Ferfor; Carvalho, Batista; Ksb, Bombas e Válvulas


Fundador Norte 41º Alfa: Onduline; CS Coelho da Silva; Padimat; JNF - J. Neves & Filhos; Valadares; Reiman, Fassa Lusa;Socequi






15.Dezembro.2017
Jantar de Natal OASRN

Candidaturas abertas!
Prémio Fernando Távora - 13ª edição

22 de Maio a 15 de Dezembro'17
Desenhar por palavras


Mapas de Arquitectura

co-edições OASRN

em trânsito
Ciclo de conferências

Pelouro da Cultura

Arquivo
Eventos realizados
Edições
Co-organizações
Apoios Institucionais


Vídeos online
Discursos (Re)visitados - Ciclo de Vídeo

Revistas Wonderland
disponíveis para venda na Sede da OASRN




Contactos:
Secção Regional Norte
Rua Álvares Cabral, 144
4050-040 PORTO
TEL. 222 074 251
cultura@oasrn.org