OASRN



049

UM DEBATE EM ABERTO
NUNO GRANDE

21.JUL.03

Nos dias 4 e 5 de Julho de 2003, realizou-se, no Porto, o Seminário Crítico Arquitectura Portuguesa Recente Influx uma iniciativa da Ordem dos Arquitectos (SRN) e do Ciclo de Exposições Influx (Fundação de Serralves/Silo Cultural), e integrada nas comemorações do Ano Nacional da Arquitectura '03.

Nas sucessivas sessões do evento, que contaram com um considerável número de assistentes, reuniram-se os arquitectos-autores participantes no projecto Influx, em diálogo/debate com cinco críticos de Arte e de Arquitectura convidados para o efeito e para cada um dos temas do Ciclo - Manuel Graça Dias (confluência), Ricardo Carvalho (compulsão), Delfim Sardo (confrontação), Manuel Mendes (condensação) e Yves Nacher (deslocação).

O Seminário comprovou a diversidade de práticas desenvolvida pela nova geração de arquitectos portugueses, ora mais próximas da manutenção de uma herança "oficinal", fundada na própria disciplina, ora mais divergentes dessa ontologia disciplinar, pela sua "contaminação" por outros campos da criação artística contemporânea. As distintas repostas aos importantes contributos dos críticos de Arte foram reveladoras das diferenças de posição perante essa trans-disciplinariedade.

Naquele contexto, foram ainda debatidas as formas de divulgar e expor a prática arquitectónica, concluindo-se que, dentro do que podemos chamar de "curadoria de Arquitectura", existem também hoje posições díspares, evidentes no diálogo estabelecido entre os comissários do Ciclo Influx e alguns dos críticos convidados para o Painel-Síntese final. Este terá sido, porventura, um debate definitivamente aberto entre nós pelo evento, e que continuará concerteza através das "contaminações" ou "reacções" que o Livro-Catálogo Influx possa ainda provocar no seio da cultura arquitectónica portuguesa.




 
 



  ARQUITECTURA PORTUGUESA RECENTE
PELOURO DA CULTURA





No existem textos relacionados.